Remédio vencido faz mal? Quais fatores determinam a seriedade dos efeitos colaterais?

  • +A
  • -A

A data de validade dos medicamentos é estabelecida pelos próprios fabricantes e indica que, até aquela data, existe a garantia de eficácia e segurança do produto, desde que sejam mantidas condições adequadas de uso, transporte e armazenamento. Caso isso não aconteça, as características do remédio podem ser alteradas e gerar riscos ao consumidor. Em remédios fora da validade, a situação é bastante similar.

 

Medicamentos vencidos podem perder o efeito

“Os medicamentos vencidos e mal armazenados podem causar efeitos inesperados. Podem surgir alterações químicas capazes de fazê-los perder sua estabilidade, diminuir sua atividade terapêutica e aumentar os riscos de efeitos tóxicos”, alerta a farmacêutica Patrícia Rennó. Outro possível problema destacado pela profissional é o crescimento de bactérias no remédio.

Os efeitos colaterais causados por um medicamento que não está nas condições adequadas de consumo variam de acordo com a gravidade da doença a ser tratada. “Um paciente que tem hipertensão e não faz o tratamento corretamente por causa do remédio vencido tem mais risco de ter um infarto ou AVC”, afirma a especialista. Já um paciente que utiliza um medicamento para dor de cabeça não terá sua saúde tão exposta. Uma das consequências é a persistência do sintoma.

 

Procure um médico ou farmacêutico ao consumir um medicamento vencido

No caso de consumo de um medicamento vencido ou estragado, Patrícia recomenda que o paciente procure pessoalmente um farmacêutico e explique a situação, de preferência levando o medicamento utilizado. Se algum sintoma não esperado for identificado, um médico deve ser procurado rapidamente.

É importante lembrar que o remédio vencido não deve ser descartado no lixo nem no vaso sanitário. O descarte incorreto pode contaminar rios, lagos e plantações e causar problemas a outras pessoas. A melhor maneira de jogá-lo fora é levando até uma farmácia, já que a maior parte dos estabelecimentos aceita os medicamentos vencidos e faz o descarte adequado.

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Patrícia Rennó

Patrícia Rennó

Farmácia

CRM: 22472 / MG

TAGS
farmacia
Nenhum comentário para "Remédio vencido faz mal? Quais fatores determinam a seriedade dos efeitos colaterais?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.